Sucesso!

Recebemos seu E-mail! Aguarde nosso retorno.  

Erro

Preencha o formulário corretamente!
A unitização de cargas reduz os custos de viagem e dá mais segurança aos itens transportados. Venha saber mais sobre esse sistema!
Os processos logísticos visam aumentar a eficiência e o dinamismo dos transportes. Esse trabalho é mandatório na realização das atividades da empresa, ainda mais em uma época tão competitiva. Por isso, a unitização de cargas tem recebido tanta visibilidade. 

Esse tipo de abordagem é empregada por várias empresas para aumentar sua lucratividade e ganhar em segurança de transporte. A seguir, você descobre mais sobre esse conceito tão crucial na operação logística.


O que é unitização de cargas


A carga unitizada refere-se ao agrupamento de diversas mercadorias homogêneas, que constituem "unidades maiores" em formatos padronizados. O objetivo é ter formatos maiores e em formatos semelhantes para facilitar a movimentação na cadeia de transportes.

Ou seja: são cargas constituídas de materiais, embalados ou não, acondicionados de modo a possibilitar a movimentação automática para reduzir o custo deste processo e maximizar o espaço disponível. 
Existem algumas maneiras de realizar a unitização de cargas. As mais comuns são:

Contêineres: Grandes caixas utilizadas para o acondicionamento de diversos produtos que serão enviados a um mesmo destino. Elas são amplamente utilizadas nos portos e costumam ser feitas de metal. Uma vez que a carga unitizada chega ao destino, o contêiner é esvaziado e reutilizado para outras viagens. 
 
Cargas paletizadas: Os volumes são organizados em cima de paletes. Essa estrutura é mais simples e, por isso, tende a baratear os custos de logística e transporte. Outro ponto positivo é que os porta paletes permitem um transporte com maior facilidade desde o galpão até o local de entrega.


• Pré-lingagem: As cargas são envolvidas por uma rede de náilon, permitindo maior praticidade na hora de serem manuseadas por guindastes ou outras máquinas. Esse tipo de unitização chama a atenção pelo seu baixo custo, mas é preciso cuidado. A carga fica pouco protegida, e as mais frágeis correm sérios riscos de perdas ou avarias.


Aplicações da carga unitizada


Muito se fala da unitização para fazer o transporte das mercadorias. De fato, essa costuma ser sua principal aplicação, pois a consolidação faz com que envios a longas distâncias sejam mais acessíveis. Isso também permite que a transportadora ofereça entregas com maior frequência, tornando o serviço mais rápido e eficaz.

No entanto, essa não é a única forma que os gestores logísticos se beneficiam da carga unitizada. Esse conceito também pode ser utilizado dentro dos armazéns, permitindo a otimização do espaço e maior rapidez na entrega dos pedidos.


Vantagens da unitização de cargas


A unitização de cargas traz uma série de benefícios para a operação logística. Em especial nos aspectos financeiro e comercial, pois seguem um padrão que facilita as negociações. Outros benefícios incluem:
 
Minimização do custo hora/homem;
Menor custo de manutenção do inventário e melhor controle do mesmo;
Rapidez na estocagem;
Verticalização do espaço;
Redução dos danos e perdas dos produtos;
Diminuição das operações de movimentações. 

Deu para entender porque a unitização é tão empregada por diversas empresas. Esse tipo de abordagem aumenta a lucratividade e a velocidade das operações. Assim, contribui para o grau de competitividade do negócio.
Porém, é preciso ir além e focar em toda a movimentação do armazém.

Clique aqui e baixe nosso guia com as melhores técnicas para cada tipo de material!

Gostou do nosso conteúdo?
Se você achou este conteúdo útil, continue navegando pelo blog da Bertolini e conheça muito mais sobre sistemas de armazenagem e processos logísticos que vão ajudar a sua empresa.
voltar