Sucesso!

Recebemos seu E-mail! Aguarde nosso retorno.  

Erro

Preencha o formulário corretamente!
OTIF, no tempo certo e completo. Entenda a importância de utilizar esse KPI dentro de sua empresa!
Todo cliente deseja receber a sua compra no prazo determinado e sem nenhum tipo de problema, correto? Por isso, as empresas precisam entender a importância de um Indicador Chave de Performance (KPI – Key Performance Indicator), conhecido como On Time In Full (OTIF).
 
Assim como outros KPIs, o OTIF também utiliza uma fórmula para chegar em sua resposta final. E ela não é tão complexa – adiante vamos lhe ensinar como calcular.
 
Esses Indicadores Chaves de Performance são muito importantes para que os gestores possam analisar o que está indo bem e também os pontos negativos da empresa como um todo. Aqui, vamos falar mais sobre o setor logístico.
 
Ficou curioso em conhecer o que é o On Time In Full? Quer saber qual a importância dele para a sua empresa e também entender como aplicá-lo? Entender como aplicá-lo? Vamos nessa: acompanhe nosso artigo até o final
 
Seja bem-vindo(a) ao blog da Bertolini Sistemas de Armazenagem.
 
Tenha uma ótima leitura!
 

Por que minha empresa precisa dos Indicadores Chaves de Performance?

Existe uma pergunta  bastante comum dentro das empresas: por que eu preciso dos KPIs? A verdade é que atualmente nenhum negócio consegue avaliar suas atividades sem utilizar ao menos um indicador.
 
Hoje, existem diversos KPIs que podem ser analisados. O Índice de Rotatividade é um que está sempre na pauta dos gestores de Recursos Humanos, por exemplo. Já para o setor logístico, podemos colocar o Order Cycle Time (Tempo do Ciclo do Pedido). Além de outros que calculam o valor e a quantidade de estoque.
 
Sua empresa necessita de KPIs para:
 
● Analisar o momento ideal de organizar uma expansão de atividades
● Perceber os pontos negativos e positivos do processo
● Visualizar os setores da empresa
● Mapear processos sobrecarregados ou com baixa produção
 
O setor logístico é um dos que mais utiliza os KPIs. Que tal conhecer agora um pouco mais sobre eles? Continue com a gente.
 

O que é OTIF?

On Time In Full (OTIF), traduzido ao português, significa No Tempo e Completo. Esse KPI apresenta muito sobre o andamento da logística de uma empresa, como o setor é visto e também a maneira que ele opera internamente.
 
Na introdução, comentamos que ninguém espera receber o seu pedido atrasado e incompleto, você lembra? E a principal funcionalidade do indicador OTIF é que ele vai ajudar você nisso. 
 
Para chegarmos em uma resposta, é preciso utilizar uma fórmula – vamos falar dela daqui a pouco.
 
Só que antes disso precisamos abrir esse indicador em dois, confira:
 

On Time

Na expressão, a parte que diz respeito ao On Time avalia o tempo em que os pedidos são entregues para os consumidores. No caso de sua empresa, você está cumprindo com o prazo estipulado? Pense nisso.
 

In Full

In Full, por sua vez, é sobre a forma como a encomenda chega. Ela está completa? Faltou alguma coisa? Algo se quebrou ou foi perdido no caminho? Isso é muito importante para avaliar o processo de uma maneira completa.
 
Você sabe por que a automação e a movimentação de materiais são importantes para o seu armazém? Entenda tudo sobre esse assunto no infográfico gratuito da Bertolini. Baixe agora mesmo!
 

Como eu consigo calcular o OTIF dentro da minha empresa?

O primeiro ponto a se destacar é que On Time In Full entrega duas perspectivas, por mais que estejam dentro de um mesmo processo. Dessa forma, inicialmente é preciso calcular eles separados, para depois uni-los.
 
Para avaliar se os pedidos estão chegando no tempo certo e completos, é preciso que você reúna alguns números. Sugerimos fazer esse levantamento a cada 15 dias, ou até mesmo uma vez por mês.
 
Se você tem 100 pedidos entregues dentro de um mês e 85 foram no prazo certo, você dividirá o número que foi entregue no prazo (85), pelo total de pedidos (100). Logo, chegamos em 0,85 – ou seja, o On Time é de 85%. 
 
Para o In Full é a mesma regra. Se destes 100 pedidos, 92 foram sem qualquer perda no caminho, seu In Full será de 0,92, ou seja, 92%.
Agora, para calcular o OTIF completo, você precisa multiplicar as duas respostas. Nesse caso, 0,85 vezes 0,92. Aqui, a resposta será de 0,78. Para saber em porcentagem multiplique por 100. Neste exemplo, o OTIF é de 78%. Lembramos que quanto maior for a resposta, melhor. 
 

E por que eu preciso calcular o OTIF?

Assim como todos os Indicadores Chaves de Performance, o OTIF possui diversas justificativas para ser implementado dentro de uma empresa.
 
Confira os principais motivos para você começar a utilizar o On Time In Full dentro do seu setor logístico.
 

Reduzir custos com a logística

Com o OTIF, o retrabalho pode ser reduzido, uma vez que os problemas da entrega serão identificados. Assim, a empresa poderá entender onde precisa investir mais para garantir melhores entregas.
 

Garantir uma boa experiência e fidelizar clientes

Hoje, as pessoas não compram produtos de uma empresa somente pela qualidade ou preço, e sim pela experiência que vão ter durante todo o processo. Se o seu cálculo para o OTIF for de 78%, por exemplo, pode-se deduzir que este é o índice de satisfação do seu consumidor.
 

Identificar possíveis falhas com parceiros

Nem todas as empresas contam com uma frota de transportes própria, dessa forma, o OTIF pode ser uma fórmula para você analisar os resultados dos seus parceiros logísticos. Se eles atrasam a entrega, ou ainda os produtos não chegam inteiros durante os serviços contratados, aí está um bom motivo para mudar.
 
Carregar, organizar e transportar mercadorias são funções essenciais dentro de um armazém ou centro de distribuição. Baixe agora mesmo o e-book gratuito da Bertolini com dicas sobre os sistemas de armazenagem mais indicados para cada tipo de produto armazenado e operações da empresa.
Gostou do nosso conteúdo?
Se você achou este conteúdo útil, continue navegando pelo blog da Bertolini e conheça muito mais sobre sistemas de armazenagem e processos logísticos que vão ajudar a sua empresa.
voltar