Sucesso!

Recebemos seu E-mail! Aguarde nosso retorno.  

Erro

Preencha o formulário corretamente!
Nessa busca incansável pela inovação e permanência no mercado, muitos gestores vão além da pergunta básica sobre o que é sistema de armazenagem e buscam entender como ele pode ajudar a alavancar seus negócios. 
 
É fácil entender o porquê deste tipo de pensamento. A armazenagem tem papel fundamental dentro do processo logístico ao determinar a quantidade certa de material e quando ele deve ser usado. Ao combinar a tecnologia com sistema de armazenagem, as empresas ganham agilidade nos fluxos operacionais, minimizando os custos.
 
Porém não basta apenas pesquisar as tendências — é necessário ter senso crítico e conhecimento do mercado para decidir quais são os tipos de armazenamento que melhor se encaixam nas necessidades da sua empresa. E, é claro, saber como escolher fornecedores de qualidade, comprometidos com qualidade do serviço.
 
No meio de tanta informação, é normal se sentir confuso. Por isso, reunimos em um só post o que é sistema de armazenagem e as principais informações sobre o tema, incluindo como os processos logísticos interferem nos custos da empresa. Aqui você também encontra a descrição dos produtos mais populares dos sistemas, com explicações de como eles podem ser úteis. 


O que é sistema de armazenagem e qual é a sua importância nas indústrias 



De modo geral, entendemos a armazenagem como a função logística que envolve o tratamento dos materiais entre o tempo de produção e a sua venda ao usuário final. O sistema ideal de armazenamento é aquele que maximiza o espaço, pois o mau aproveitamento torna o espaço não econômico. Em linhas gerais, fazer mais com menos é fundamental para se manter competitivo no mercado. 
 
Dessa forma, é necessário otimizar o espaço verificando a ocupação física para potencializá-lo e armazenar uma maior quantidade de materiais.. Os gestores precisam considerar o planejamento como a forma de aproveitar as oportunidades de redução de custos e eliminação de esforços, proporcionando soluções mais adequadas ao fluxo de materiais e ao armazém.
 
Além de saber o que é sistema de armazenagem, o gestor precisa levar em consideração: 
 
● Quais são os tipos de itens a serem armazenados (se são perecíveis, refrigerados, etc.); 
● Quando devem ser reabastecidos;
● Qual é a quantidade mínima a ser estocada durante um período pré-determinado;
● Manter o inventário atualizado;
● Identificar e eliminar os itens obsoletos ou danificados. 
 
Tudo isso, claro, sem deixar de se atualizar nas principais tendências do setor. De acordo com especialistas, o futuro dos armazéns e dos centros de distribuição está na Logística 4.0 — ou seja, uso de tecnologia e recursos para aumentar a eficiência e reduzir os custos relacionados.
 
 
As empresas já estão se adequando ao novo modo de fazer negócios, com a automatização completa do setor fabril e a busca constante pelo aumento da eficiência. Ao contrário do que muitos pensam, isso não significa menos empregos. Pelo contrário: cada vez mais as empresas precisam de pessoas qualificadas, que saibam pensar de modo estratégico para otimizar os processos. 
 
A junção da automatização dos processos mecânicos com a alta especialização dos colaboradores resulta na "fábrica inteligente", conceito que representa um local de trabalho auto-otimizado e auto-organizado. Essa tendência também atinge o nível de gestão, uma vez que envolve processos avançados e novas práticas no ambiente de negócios. 


Como a armazenagem interfere nos custos da empresa?



Agora que você já sabe o que é sistema de armazenagem, é hora de seguir adiante e entender como este processo interfere nos custos da empresa. Sabemos que esta é uma área crítica de muitos negócios, e com razão.
 
É dever do gestor pensar em estratégias que prezam pela saúde financeira do empreendimento. Por isso é tão importante ficar atento às tendências e benefícios de conhecer os tipos de armazenamento, que serão aprofundados nos tópicos a seguir. 
 
Por enquanto, vale reforçar que armazenagem não é custo, e sim investimento. Processos bem estruturados refletem em toda a cadeia empresarial, reduzindo tempo de produção e repensando o papel do estoque dentro da empresa.
 
Este é, inclusive, um dos impactos mais visíveis da aplicação de um bom sistema de armazenagem: a redução da área de estoque. Da mesma forma, ao utilizar soluções que condizem com as necessidades do seu empreendimento, diminuem-se as chances de desperdício. Afinal, muito dinheiro é gasto repondo itens que se perderam ou sofreram avarias decorrentes da desorganização. 
 
Ainda neste tópico, não se pode ignorar que estoques otimizados equivalem a menos trabalho pois requerem menos energia, além de custos com aluguel de espaço e contas como luz e água. Tais gastos podem significar uma verdadeira dor de cabeça para empresas localizadas em cidades muito caras, em que o preço do m² é elevado. 
 
Depois de entender o que é sistema de armazenagem e aplicar esse conceito no seu negócio, muitos gestores percebem o aumento na produtividade dos seus colaboradores. Espaços bem organizados, com soluções inteligentes, permitem que os funcionários se desloquem com maior agilidade e encontrem os itens com facilidade. 


Quais são os tipos de armazenagem disponíveis?



Existem variados tipos de armazenagem e saber suas diferenças ajuda a escolher as melhores soluções disponíveis. O primeiro passo para tomar a decisão é dividir a necessidade entre temporária e fixa:

 
Armazenagem temporária


Neste caso, os produtos não ficam no mesmo local por muito tempo, Em muitas situações, não é preciso ter um local fixo e específico para a estocagem. É o caso, por exemplo, de negócios voltados para a agropecuária, que dependem da sazonalidade/safra do produto.
 
A armazenagem temporária é indicada para mercados dinâmicos e que exigem flexibilidade. Logo, os locais de armazenagem precisam seguir esse perfil para garantir que as diferentes necessidades sejam atendidas. 

Armazenagem permanente


Ao contrário do tipo anterior, este tipo envolve itens que ficam parados por um tempo considerável, como armazenagem de matérias-primas. Neste caso, a permanência do produto está atrelada ao fato do mesmo ser necessário de forma constante. Logo, precisam ser guardados em um local conveniente e organizado.


Quais são as soluções de sistema de armazenagem disponíveis?



Depois de todo esse conhecimento sobre o que é sistema de armazenagem e como esse processo pode beneficiar a sua empresa, está na hora de conhecer as soluções disponíveis no mercado. Assim, você poderá entender qual delas é a mais adequada para atender as necessidades da companhia. 


Sistema porta palete


Sem dúvidas, este é um dos tipos de armazenamento mais populares por oferecer maximização e otimização nas operações em logística. Não à toa, este tipo de sistema é bastante encontrado em centros de distribuição, armazéns e empresas que trabalham com grandes estoques de mercadorias. 
 
O sistema porta palete é compatível com todos os tipos de empilhadeiras disponíveis no mercado e ainda suporta diversas combinações entre dimensões, peso e volume de carga. Entre suas vantagens, podemos citar sua fácil ampliação para estruturas de grande porte, podendo atuar em qualquer sentido de posicionamento. 
 
A Bertolini Sistemas de Armazenagem disponibiliza três modelos deste sistema. 
 

Porta Palete Convencional

 
Proporciona o acesso rápido aos paletes armazenados, facilitando a localização e movimentação dos itens armazenados. Os níveis de armazenagem são facilmente ajustados através do reposicionamento da estrutura, expandindo um leque de diversidade em cargas para armazenamento. O resultado disso se manifesta na operação e custo-benefício para a empresa. 
 
Porta Palete Dupla Profundidade
 
Este tipo permite o armazenamento de dois paletes em profundidade no mesmo nível, sendo que um único corredor permite o acesso a quatro paletes por nível, dois em cada lado. É um processo que reduz a necessidade de muitos corredores, podendo economizar em até 35% o espaço dedicado para a estocagem

 
Porta Palete Corredor Estreito 

 
Sua principal característica é aumentar a capacidade de compactação do material armazenado. Além disso, a construção de sua estrutura permite que esta atinja grandes alturas, possibilitando a verticalização de espaços com área restrita. Sua utilização dá-se a partir de empilhadeiras trilaterais, específicas para esta aplicação, podendo ser operadas em conjunto com trilhos guia ou por um sistema guia por indução. 


Sistema flow rack



Quando nos perguntamos o que é sistema de armazenagem, é impossível não lembrar da filosofia FIFO — do inglês, First In, First Out. Ou seja, o primeiro [produto] a entrar deve ser o primeiro a sair para evitar a perda por vencimento da mercadoria. Por isso, esse sistema é mais encontrado em estoques de giro mediano, especialmente em empresas em que o prazo de validade do produto armazenado é fator fundamental. Por exemplo, produtos congelados e perecíveis.
 
O flow rack opera na separação de pedidos em instalações que funcionam segundo o princípio do homem ao produto, agregando no aumento de produtividade e precisão na separação de pedidos. Como os corredores de trabalho são separados, essa solução garante que o reabastecimento do estoque não interfira com a separação de pedidos. 
 
O sistema flow rack da Bertolini proporciona economia em tempo de deslocamento entre 40% e 70%, quando comparado com estantes convencionais. Além disso, promove reduções de até 30% no espaço ocupado, tornando-se uma solução muito compacta e econômica na maioria dos ambientes de armazenamento.
 

Sistema cantilever


Este sistema tem estrutura simples, resistente e de fácil manuseio. Logo, proporciona um ótimo armazenamento para empresas que necessitam estocar peças, produtos e mercadorias de grande porte. Também é bastante útil para negócios que armazenam matéria-prima em grande escala.
 
O cantilever conta com estruturas horizontais e verticais, o que beneficia todos os processos realizados dentro do ambiente em que será inserido. Esta solução pode passar por alterações para melhor se encaixar no ambiente, proporcionando maior versatilidade.
 
Além de maximizar os processos diários, a implementação deste sistema conta com aspectos pensados para o futuro da companhia: piso e nivelamento. Assim, torna-se um sistema de grande investimento rentável para negócios que buscam por inovações e melhorias.


Armazém autoportante


O sistema de armazenamento autoportante reduz a necessidade de etapas comuns dentro da construção civil de um armazém convencional. A estrutura rentável possui tempo de montagem reduzido e é auto suportável, tendo como objetivo levar a maximização aos processos logísticos.
 
Esta solução de armazenagem suporta grandes cargas e alturas, e sua estrutura garante a segurança dos itens estocados diante de quaisquer adversidades climáticas. Além disso, proporciona o máximo aproveitamento em espaço para armazenagem. Logo, é recomendada para a construção de locais de estocagem refrigerados.
 
Caso você tenha dúvidas sobre qual dos sistemas disponíveis melhor se encaixa nas necessidades do seu negócio, entre em contato com a Bertolini Sistemas de Armazenagem. Estamos há quase 30 anos no mercado, entregando projetos que unem qualidade, tecnologia e confiança. Não à toa, a empresa é referência em seu segmento na América Latina. 
 
Um bom projeto começa com o planejamento certo, por isso a equipe técnica especializada da Bertolini estuda e planeja a melhor solução com os melhores produtos. Tudo isso tem a ver com técnicas de movimentação de materiais, então é hora de se aprofundar neste assunto. Clique aqui e baixe nosso material gratuito sobre o tema!

Gostou do nosso conteúdo?
Se você achou este conteúdo útil, continue navegando pelo blog da Bertolini e conheça muito mais sobre sistemas de armazenagem e processos logísticos que vão ajudar a sua empresa.
voltar