Sucesso!

Recebemos seu E-mail! Aguarde nosso retorno.  

Erro

Preencha o formulário corretamente!
O cross docking é um método de logística bastante discutido e adaptado para empresas nos últimos anos. Siga a leitura e conheça mais sobre o processo!
De olho em atender as exigências do mercado e estar cada vez mais ao lado dos clientes, diversos métodos de logística que buscam otimizar o tempo de entrega do pedido têm ganhado espaço entre as empresas. Uma dessas soluções é chamada de cross docking. Mas o que é cross docking e como implementá-lo na sua empresa? 
A maioria dos nomes que envolvem logística, são em inglês, você já reparou? Fique tranquilo que vamos traduzir este termo para o contexto brasileiro e explicar os detalhes sobre esta técnica, as vantagens ao aplicá-la, como executá-la de maneira eficiente, porque você deveria pensar nisso e muito mais. Entenda como o cross docking simplifica os processos e traz mais agilidade no envio de pedidos, independente de qual for o destino deles.
Boa leitura!
 
O que é cross docking?
O cross docking - ou “cruzando docas”, em tradução literal - é um método de logística bastante discutido e adaptado para empresas nos últimos anos. Seu desenvolvimento se dá com base no cenário cada vez mais competitivo do mercado, nos hábitos de consumo evoluídos e mais exigentes dos clientes.
A distribuição da mercadoria no cross docking é feita da seguinte forma: os produtos são recebidos pela empresa sem a necessidade de serem armazenados para redistribuição. Quando o cliente compra algo online, o pedido é recebido e enviado para um centro de distribuição. Como o produto não vai ficar armazenado por mais que algumas horas, o despacho ocorre de maneira mais rápida (logo você entenderá porque esse processo não gera uma desorganização).
 
Então, no cross docking, qual é o papel do armazém?
Absolutamente nenhum. Não existe um armazém para guardar as mercadorias, deixando-as paradas por algum tempo. Ou seja, não existe o processo de estocagem dos produtos. Sua empresa precisa somente de uma área de carga e descarga eficiente e um sistema de gestão dos pedidos que apresente o mínimo possível de falhas. 
Na prática, tudo aquilo que for descarregado de um caminhão, por exemplo, é transferido de maneira imediata para outro meio de transporte, que irá fazer a entrega para o consumidor. Podem ser carros, vans, motos, outros caminhões e por aí vai. 
Aqui, mais um conceito entra em cena: o picking. Ele nada mais é do que a área de separação e preparação de pedidos. Os “pickings” coletam os produtos no armazém da empresa e, conforme as especificações do pedido, agilizam o despacho para que a mercadoria chegue ao cliente no menor tempo possível. 
 
Existe mais de um tipo de cross docking?
Sim. Na verdade, existem três formas diferentes de colocar o método em prática: movimentação contínua, movimentação consolidada e movimentação de distribuição. Quer saber qual a diferença entre cada uma? Abaixo a gente te explica.
Movimentação contínua: os produtos são enviados pelo fornecedor e separados para envio assim que recebidos. É o método tradicional do cross docking, eliminando a necessidade de formar um estoque.
Movimentação consolidada: a mercadoria é recebida e separada. Neste modelo, diferente do método tradicional, parte dos pedidos é enviado aos clientes e outra parte fica armazenada. A movimentação consolidada é mais comum em empresas que fabricam o próprio produto em larga escala ou o revendem da mesma forma.
Movimentação de distribuição: modalidade preferida do B2B, é útil para negociações entre empresas, e não com o cliente final (B2C). A mercadoria é recebida, separada e enviada em grandes cargas.
 
Conheça as principais vantagens do cross docking
Como explicamos no início deste texto, o cross docking, desde que bem estruturado e implementado, pode sim, ser extremamente benéfico para a sua empresa. Além disso, a satisfação dos seus clientes com uma entrega rápida irá melhorar. Para reforçar o que explicamos até agora, a seguir, apresentamos as principais vantagens desse modelo.
1- Sem estoque = economia
Lembrando que isso é válido somente se você optar pela maneira tradicional do cross docking. Se for esse o seu caso, o fato de não precisar de um espaço para estocagem representa economia para a empresa. Gastos com manutenção e mão de obra serão dispensados, uma vez que não serão necessários. O máximo que será preciso é um espaço para receber e redistribuir os produtos para os clientes.
2- Entregas rápidas
O same day delivery é também um método em alta no mundo dos negócios e trata de realizar as entregas até 24h após o pedido do cliente ter sido registrado. Claro que para chegar ao ponto de realizar todas entregas em menos de um dia, leva tempo. Mas quanto menor for a espera do seu cliente, tenha certeza de que mais satisfeito ele ficará. Principalmente se todos os cuidados com o transporte forem tomados.
3- O armazém nunca terá produtos em falta
Seus fornecedores vão enviar a mercadoria conforme os pedidos forem surgindo. Sendo assim, você nunca terá produtos em falta no armazém, porque o estoque não existirá. Além disso, estará eliminando a necessidade de uma previsão de demanda tão precisa.
 
O que é preciso para fazer dar certo?
Para implementar o cross docking com eficiência, sua empresa precisa investir em um bom sistema ERP ou outro software que sincronize com perfeição o fluxo de mercadorias. Sua equipe de profissionais precisa estar treinada para trabalhar dessa maneira, evitando erros humanos.
Outro ponto importante é ter fornecedores de confiança, que garantam a entrega da mercadoria sempre que for solicitada, dentro dos melhores prazos possíveis. Também tenha um SAC capacitado para resolver qualquer queixa do consumidor ou até mesmo se adiantar e avisá-lo caso ocorra algum imprevisto.
Por fim, tenha um centro de distribuição bem estruturado. O cross docking pode não funcionar de primeira na sua empresa, não desanime. Teste e procure sempre evoluir, aprimore os acertos e aprenda com os erros.
Quer ficar bem informado sobre o mundo da logística? (h2)
No blog da Bertolini Sistemas de Armazenagem, você encontra conteúdos atuais sobre o universo empresarial e logístico. Nossos artigos são produzidos de forma exclusiva e com carinho para tornar o seu dia a dia no trabalho o mais simples possível.
Leia também
Gostou do nosso conteúdo?
Se você achou este conteúdo útil, continue navegando pelo blog da Bertolini e conheça muito mais sobre sistemas de armazenagem e processos logísticos que vão ajudar a sua empresa.
voltar