Sucesso!

Recebemos seu E-mail! Aguarde nosso retorno.  

Erro

Preencha o formulário corretamente!
Em um mundo cada vez mais globalizado, onde diversas empresas desenvolvem suas atividades fabris de forma semelhante, destacar-se pela eficiência e inovação no campo logístico é um ponto crucial para quem busca sucesso em um mercado competitivo.
A logística é conhecida por ser um campo de ampla abrangência que atinge em praticamente todas as áreas de uma empresa. Seja desde a organização do armazém em geral como no recebimento de mercadorias ou despacho, para o direcionamento delas e de onde vêm, listagem de clientes, até outras atividades.
 
Diante disso, surge a intralogística. Um campo dentro da logística que implementa tecnologia para a realização de atividades, indo muito além de somente haver o recebimento, a coleta, o envio, a mecanização de processos, armazenamento, recuperação, empacotamento e classificação de produtos dentro de um armazém.
 
A intralogística atua diretamente em um planejamento logístico, garantindo sistematicamente que toda a cadeia de suprimentos esteja voltada para a criação de valor dentro do armazém, ou seja, valoriza essas atividades e proporciona ao funcionário maior facilidade na hora de executá-las.
 
Assim, a intralogística se consagra por possui o poder de otimizar, automatizar, integrar e gerenciar o fluxo logístico dos produtos. Também visa eliminar movimentos desnecessários e redução no tempo de entrega, o que por sua vez permite um aumento na produtividade.
 
Com a implantação da intralogística, o armazém tende a garantir benefícios como:
 
Redução de custos
Reduz os custos porque permite que os gestores otimizem o fluxo de trabalho, visualizando e coordenando etapas de uma forma inteligente e coesa. Como as atividades sofrerão uma transformação, isto é, os esforços tendem a diminuir, automaticamente os gastos diminuem.
 
Aumento de produtividade
O conceito de intralogística visa o aumento de produtividade de maneira prática, isto é, projeta-se um desenvolvimento de atividades dentro do armazém de modo a aproveitar ao máximo recursos como mão de obra, maquinário, entre outros processos importantes para o desenvolvimento das atividades.
 
Claro que, para cada empresa, existe uma forma de implementar, por isso o planejamento é essencial.
 
Maior competitividade
Se todos os passos anteriores estarem em conformidade, desenvolvidos e executados de maneira correta e assertiva, consequentemente a empresa estará em uma posição mais favorável no mercado.
 
Até agora falamos sobre a intralogística de forma geral e ampla, mas para conhecer verdadeiramente o conceito e entender sobre a sua importância para o mercado, é essencial também compreender como se dá o funcionamento. Confira abaixo!
 
Como objetivo principal, a intralogística surge no mercado a fim de conectar áreas internas de empresas, otimizando a automação e movimentação de produtos, bem como atendendo demandas internas do armazém. Para isso, atua diretamente na movimentação e processos de automação.
 
Saiba como ocorrem os processos de movimentação nas empresas no campo da intralogística: 
 
- Primeira movimentação
Durante o recebimento dos materiais, estes produtos necessitam ser armazenados em estoque conforme o cadastro recebido.
 
- Segunda movimentação
Depois de recebidos e encaminhados ao estoque correto, as mercadorias deverão ser encaminhadas para a produção ou para as áreas responsáveis pela separação de pedidos.
 
- Terceira movimentação
Para concluir o ciclo, a mercadoria é movimentada pronta para ser expedida e carregada no veículo.
 
Vale mencionar que todas essas 3 etapas de movimentação, a tecnologia está inserida, sendo imprescindível a sua utilização. 
 
Quando falamos em movimentação, o primeiro benefício que surge é o da redução de custos. Isso porque a intralogística visa eliminar movimentos desnecessários e reduzir os tempos de entrega, o que permite um aumento na produtividade.
 
Sabemos que a intralogística é um campo da logística que agrega valor às empresas, proporciona uma gama de produtos automatizados para garantir a execução de tarefas e que quando bem aplicados, podem revolucionar uma empresa no mercado.
 
Conheça agora sobre os produtos da intralogística:
 
Transelevador
O sistema Transelevalor é uma estrutura que realiza a movimentação e armazenagem automática de mercadorias paletizadas (Unit Load) ou em caixas (Miniloads), integrado ao software WMS (Warehouse Management System).
 
A sua operação é realizada através de técnicas logísticas que proporcionam o melhor aproveitamento de espaço disponível em armazéns, redução de empilhadeiras e na diminuição dos erros em armazenamento. Aliado a movimentação automática, agrega positivamente no quesito custo benefício das empresas.
 
Suas funções permitem que as operações de entrada e saída do armazém sejam realizadas através de uma programação otimizada de software dedicado, denominado WCS, o que resulta na redução do tempo operacional, aumento de produtividade e assertividade dentro do armazém, bem como o posicionamento econômico.
 
Carro Satélite
O sistema Carro Satélite é uma ferramenta de logística que opera no armazenamento automatizado de paletes para múltiplas profundidades através de inteligentes procedimentos. 
 
Por se tratar de uma solução totalmente automatizada, este sistema alimenta e/ou retira mercadorias por meio de um processo chamado de AS/RS – Automated Sotorage / Retrieval System.
 
Onde o carro automático movimenta os paletes na estrutura, colocando ou retirando estes conforme informações que recebe do operador de empilhadeira ou do WMS, visto que possibilita a integração com este tipo de sistema.
 
Sendo uma excelente alternativa de inserção aos sistemas convencionais de armazenagens como: Drive-In, Dinâmico e Push Back.
 
Esteiras
As esteiras transportadoras são equipamentos importantes e que sempre estão presentes em uma solução de intralogística de um centro de distribuição, ou nos simples deslocamentos ou na separação de pedidos de caixas fracionadas e fechada.
 
Podem ser usadas em multiníveis onde combinem elementos de mezaninos, plataformas e flow rack´s. Esses equipamentos podem otimizar processos, levando em conta os seguintes fatores:
 
- Minimizar os deslocamentos,
- Separação agrupada: múltiplos pedidos podem ser separados como um pedido único, reduzindo o tempo de deslocamento e sendo separados (sorted) posteriormente com agilidade no processo,
- Aumento de produtividade,
- Alta precisão (Acuracidade),
- Aumento da competividade (Redução de custos na coleta, maior giro de estoque e redução de desperdícios),
- Pedidos são separados de forma independente ou em paralelo em diferentes áreas e/ou equipamentos de armazenagem e manuseio, precisando ser agrupados posteriormente para a embalagem,
- Os produtos podem ser movimentados entre diferentes áreas, níveis e prédio,
- Pedidos completos precisam ser sequenciados antes do carregamento, por exemplo, ordenados por transportadora, peso ou sequência de entrega,
- Operação por cross docking, como na indústria varejista, por exemplo.
 
Pick by light
É um sistema intuitivo através da utilização de indicadores visuais e coloridos, de rápido aprendizado, onde as mãos do operador são mantidas livres e não necessitam manusear nenhum aparelho. Com esta tecnologia os erros de picking podem ser praticamente eliminados, possibilitando um ganho operacional.
 
Existem duas possibilidades de uso desta tecnologia, usando o conceito “Person-to-goood” e “Good-to-person”.
 
- Estação Person-to-Goods, onde o operador se desloca até o objeto,
- Estação Goods-to-Person, onde o objeto se desloca até o operador.
 
O que difere os conceitos são os níveis de rendimento homem/hora na operação de separação, onde um operador poderá atingir 300 e 800 linhas por homem/hora.
 
Entenda também como a tecnologia otimiza na aplicação da intralogística
A tecnologia vem se mostrando muito eficiente na aplicação de processos de intralogística, proporcionando eficiência e precisão aos processos internos.
 
Atualmente, a utilização de softwares de gerenciamento de estoque como o WMS está cada vez mais presente em armazéns, bem como a utilização de robôs na execução de determinadas atividades como na movimentação e separação de produtos, otimizando em muito os processos.
 
Outro passo positivo que a tecnologia nos proporcionou, foi a vinda da Internet das Coisas (IoT), revolucionando ainda mais o mercado e agregando valor a intralogística.
 
Estar sempre atento ao que o mercado global vem ofertando em tecnologia é de suma importância para manter o progresso dentro do seu armazém.
 
E você, busca se destacar no mercado? 
Então conheça a Bertolini Sistemas de Armazenagem e tudo o que podemos oferecer para a sua empresa!
Gostou do nosso conteúdo?
Se você achou este conteúdo útil, continue navegando pelo blog da Bertolini e conheça muito mais sobre sistemas de armazenagem e processos logísticos que vão ajudar a sua empresa.
voltar