Sucesso!

Recebemos seu E-mail! Aguarde nosso retorno.  

Erro

Preencha o formulário corretamente!
Descubra quais são os critérios fundamentais que a consultoria de negócios deve ter para implementar seus projetos intralogísticos!
Cada vez mais, empresas brasileiras estão enxergando em consultorias de negócios novas formas de agregar valor ao empreendimento. A pesquisa Perfil das Empresas de Consultoria do Brasil reforça esse otimismo: a maior parte dos entrevistados esperam crescer ou pelo menos manter a estabilidade no faturamento. 
 
Quando essa tendência vai para a implementação de projetos intralogísticos, as vantagens são muitas. Para muitos negócios, dar esse passo envolve reestruturar toda a operação — e contar com um parceiro pode ser fundamental nessas horas. 
 
No entanto, é importante saber como avaliar a consultoria de negócios. Com a grande oferta no mercado, pode ser difícil separar o joio do trigo. Sem uma boa análise prévia, o gestor pode ter o efeito contrário do esperado: em vez de um parceiro, ele pode contratar alguém que só vai atrasar a implementação. Como consequência, o projeto intralogístico fica mais caro e não traz os resultados desejados.
 
Mas não é preciso se preocupar. A Bertolini, referência na América do Sul em seu segmento, criou um checklist para avaliar consultoria de negócios em implementação de projetos logísticos
 
Confira o que uma consultoria de negócios precisa para a implementação de projetos logísticos: 
 
• Histórico no setor
Esse é o pontapé inicial na hora de verificar os parceiros da implantação. Antes de tudo, é preciso garantir que a consultoria de negócios possui boa reputação dentro do mercado, com uma cartela de clientes confiáveis e bom histórico. 
 
Com a popularização deste setor, essa checagem é mais do que necessária. Existem diversas opções no mercado, e a implementação de projetos logísticos depende da seriedade do fornecedor. Logo, recomendamos que você pesquise bastante: procure na Internet quais foram os trabalhos que a empresa já realizou e se existe algum ponto de atenção. Se possível, converse com outros clientes para saber mais detalhes.
 
• Bom diagnóstico
A primeira etapa da Implementação de Projetos Logísticos ajuda a avaliar a consultoria de negócios. Aqui, estamos de olho no modo como o processo é conduzido: identificação dos métodos de trabalho, atividades críticas, estruturas de armazenagem, entre outros. Um bom fornecedor avalia a complexidade das atividades a fim de dimensionar os recursos disponíveis.
 
• Conhecimento multidisciplinar
A implementação de projetos intralogísticos exige que o parceiro tenha conhecimentos multidisciplinares. Entre eles:
 
• Gerenciamento de projetos;
• Soluções de gerenciamento de armazém e transporte;
• Análise de processos;
• Suporte técnico, monitoramento operacional e relatórios analíticos.
 
Afinal, a essência da intralogística é justamente repensar os fluxos operacionais. Ou seja: é preciso ter um conhecimento geral de como funcionam os processos do armazém. Isso requer da consultoria de negócios uma visão mais ampla, capaz de conectar diversas informações em um único projeto.
 
• Busca da eficiência operacional
Por fim, não podemos ignorar o objetivo final desse planejamento: aumentar a eficiência operacional do armazém. Os parceiros ideais precisam ter esse propósito sempre em mente, pois é ele que vai guiar as tomadas de decisão. 
 
Neste momento, o uso de sistemas de gerenciamento de armazéns, como o Warehouse Management System (WMS), se torna indispensável. São esses softwares que entregam os dados necessários e ajudam no planejamento a longo prazo. Lembre-se: decisões sem dados são só achismos. Uma boa consultoria de negócios sabe disso e vai insistir para que a sua empresa adote um estilo de operação data-driven.
 
Gostou do nosso conteúdo?
Se você achou este conteúdo útil, continue navegando pelo blog da Bertolini e conheça muito mais sobre sistemas de armazenagem e processos logísticos que vão ajudar a sua empresa.
voltar