Sucesso!

Recebemos seu E-mail! Aguarde nosso retorno.  

Erro

Preencha o formulário corretamente!
O novo normal já chegou: o B2B no e-commerce é fundamental para o crescimento das empresas. Descubra por que e como isso impacta na sua realidade!
Imagine um mercado que cresceu 75% durante a pandemia, enquanto tantos outros setores tiveram que recuar. Estamos falando das vendas pela Internet, que já eram um hábito antes mesmo do isolamento social. Um estudo de 2019 conduzido pela NZN Intelligence destacou que 74% dos brasileiros preferiam, na época, comprar online. 
 
Aos poucos, essa tendência ultrapassou o negócio entre empresa e consumidor. O B2B no e-commerce ganhou destaque no Brasil e no mundo. Dados da Forrester Research mostram que a venda entre empresas gerou US$ 889 bilhões em 2017, através de portais de e-commerce B2B.
 

B2B no e-commerce: um mercado que não para de crescer



É fácil entender de onde vem números tão favoráveis. Já faz tempo que o olhar do consumidor saiu do ambiente físico e foi para o digital por uma série de razões. A facilidade na hora de buscar e comparar preços, maior disponibilidade de fornecedores e praticidade fez os consumidores optarem cada vez mais pelas compras online. 
 
E isso também acontece dentro das empresas. A Forrester Research apontou que 74% dos fabricantes norte-americanos fazem mais da metade das buscas por fornecedores e produtos na internet. Além disso, 56% dos entrevistados revelaram que esperam fazer mais da metade de suas compras corporativas, de recursos a outros materiais necessários para o dia a dia dos negócios, online.
 
Ou seja, o B2B no e-commerce já é uma realidade. O Brasil acompanha essa tendência mundial, com aumento de 62% da participação nessa modalidade depois da pandemia. Para compradores e fornecedores, fazer as transições por meios virtuais são mais eficientes. Os motivos são óbvios:
 
• Facilidade para obter informações sobre estoque e entrega; 
• Maior flexibilidade nas agendas;
• Maior disponibilidade de fornecedores;
• Poder realizar negócios independente de encontros físicos, que custam mais. 
 

Como se destacar no B2B no e-commerce



Números tão positivos fazem com que mais empresas invistam em B2B no e-commerce. Logo, é preciso saber como se destacar em um mercado tão competitivo. 
 
O primeiro passo é entender que o comprador tem as mesmas exigências no B2B que ele tem no B2C. Ainda que a compra entre empresas seja mais demorada e detalhista, ela precisa ter um contato humano. Independente do produto ou serviço ofertado, uma coisa é certa: o cliente quer uma experiência de compra diferenciada, simples e efetiva.
 
Dessa forma, o B2B no e-commerce precisa encontrar o equilíbrio entre autonomia e suporte para o cliente. Isso inclui um processo de compra simples, com todas as informações à disposição e diferentes canais de contato em caso de dúvida. 
 
Também é necessário lembrar que a adoção do comércio digital traz impactos para a logística. Não é só o atendimento que precisa ser fluido: os processos de entrega devem ser igualmente excelentes. Para isso, os gestores precisam investir em uma logística para suportar o B2B no e-commerce e trazer bons resultados para a empresa. 

Você também pode gostar de:


Gostou do nosso conteúdo?
Se você achou este conteúdo útil, continue navegando pelo blog da Bertolini e conheça muito mais sobre sistemas de armazenagem e processos logísticos que vão ajudar a sua empresa.
voltar