Sucesso!

Recebemos seu E-mail! Aguarde nosso retorno.  

Erro

Preencha o formulário corretamente!
A redução de custos na armazenagem mantém a competitividade e saúde financeira das empresas. Você sabe por que e como fazer isso?
Os números indicam a importância de reduzir custos da armazenagem. Segundo a Confederação Nacional da Indústria (CNI), houve um acúmulo de estoque indesejado de produtos nos meses iniciais do segundo semestre de 2018. Esse excesso gera gastos não previstos, encarecendo toda a cadeia logística. Tais custos são muito significativos: em dois anos, a logística custa R$ 15,5 bi a mais por causa da infraestrutura precária.
 
Com essas informações em mãos, os gestores precisam pensar em estratégias para reduzir os custos da operação. Engana-se quem pensa que isso está ligado ao corte de colaboradores: é possível reduzir custo da armazenagem sem mexer no quadro de funcionários. 

 
Como reduzir o custo de armazenagem?



Tomar essa decisão não impacta apenas a saúde financeira da empresa. Uma armazenagem com menos custos de operação é mais competitiva, pois consegue praticar preços mais agressivos para atrair consumidores. 
 
No entanto, essa não é uma prática da noite para o dia: é preciso ter organização e um planejamento estratégico. A Bertolini, referência na América do Sul em seu segmento, te ajuda com as seguintes dicas:
 

1. Entenda quais são os seus gastos



Não há como medir algo que você desconhece. Assim, o primeiro passo para reduzir custo da armazenagem é entender quais são os gastos que mais impactam a sua empresa. De modo geral, as principais saídas de dinheiro são causadas por:
 
• Estrutura e contas fixas (luz, água, aluguel etc.)
• Materiais
• Mão de obra
• Tecnologia. 
 
Coloque tudo isso na ponta do lápis para ter uma visão geral do cenário. Isso vai te ajudar a descobrir quais são os pontos de atenção, essencial para a elaboração de um planejamento. Com essas informações em mãos, você pode começar a reduzir os custos da operação.
 


2. Faça uso da automação



O uso de softwares de automação se faz cada vez mais presente nas organizações. Esse é um dos maiores desafios para a operação logística, que deve se adequar às novas realidades. Ferramentas como o Sistema de Gerenciamento de Armazém (WMS) só trazem benefícios, pois faz a gestão integrada e fornece dados com exatidão. 
 
Em 2020, a Bertolini lançou um projeto inovador de automação intralogística. Clique aqui e saiba mais sobre os estudos de caso do cliente Mor. 
 

3. Realize a previsão de demanda



Como vimos no início deste artigo, o acúmulo de estoque indesejado é uma realidade de muitas empresas. Isso dificulta na hora de reduzir custos da armazenagem, uma vez que a operação precisa de um espaço maior do que o planejado. 
 
A melhor forma de driblar esse problema é com a previsão de demanda. Faça uma análise das vendas dos últimos anos e leve em consideração as datas festivas para prever os momentos com mais e menos negócios fechados. Tais informações ajudam a ajustar as expectativas. 
 

4. Invista na armazenagem vertical



Por fim, não podemos deixar de lado o armazém vertical como aliado para reduzir custos da armazenagem. Essa prática utiliza estanterias e outras soluções para aproveitar ao máximo o pé direito da construção. Com o auxílio de empilhadeiras, é possível armazenar produtos em alturas elevadas, fazendo com que o estoque comporte ainda mais material.
 
Estudos indicam que 2% das vendas do varejo são afetadas pelo mau gerenciamento dos estoques. Logo, a principal vantagem da armazenagem vertical é a melhor organização do espaço e aumento de locais para guardar os insumos. Ao mesmo tempo, reduz gastos, pois a empresa não precisa alugar ou comprar terrenos maiores, que são mais caros. 
 
Você também pode gostar de:





Gostou do nosso conteúdo?
Se você achou este conteúdo útil, continue navegando pelo blog da Bertolini e conheça muito mais sobre sistemas de armazenagem e processos logísticos que vão ajudar a sua empresa.
voltar