design inteligente para armazenagem

02/05/2013

Mercado de armazenagem também segue tendências

Novas instalações, novos setores e tecnologia aquecem o mercado

O aumento da produção requer mais locais para armazenagem e o custo dos terrenos impulsiona a verticalização dos estoques, mesmo com a instalação de novas fábricas no País. A diferença essencial do mercado é que as empresas estão crescendo e necessitam de diferentes aplicações de armazenagem.
O foco atual é o aproveitamento e o ganho de produtividade da mão-de-obra. Em todos os setores o desperdício tem sido punido com perda de mercado. Uma tendência bastante forte é a terceirização da linha de armazenagem, em virtude do alto investimento nos Centros de Distribuição. Assim, as melhores empresas de logística e distribuição estão abraçando o mercado, visando à locação dos espaços de armazenagem e à administração de todo o processo, que abrange o recebimento, o controle e a distribuição de cargas. Há, também, maior procura por novas soluções de armazenagem para documentos, para a indústria farmacêutica e mesmo para o setor automobilístico e de autopeças, com foco nas verticalizações e aumento de níveis e cargas. Quanto às aplicações, as estruturas para armazenagem precisam ser cada vez mais versáteis para se adaptarem a diferentes produtos, moldando-se a vários tipos de operações. Um exemplo peculiar é o desenvolvimento da estrutura tipo drive-in para carro satélite. Este produto foi aprimorado para a necessidade de alta densidade de armazenagem e rapidez na operação.
Projetos customizados também são tendências. Várias fábricas no Brasil buscam otimizar seus espaços de movimentação e armazenagem, com produtos “personalizados”, como contentores e racks especiais. A integração entre os sistemas de armazenagem, as tecnologias para movimentação e o controle das operações é outra entre as principais tendências e exigências do mercado, assim como a transformação de estruturas estáticas em dinâmicas.


Fonte: Bertolini S/A